segunda-feira, 29 de março de 2010

Living and learning


Eu pensei em alguns títulos para esse post. Poderia ser "New York, New York", porque é sobre meu fim de semana nessa cidade. Quase escolhi "8 Mile" porque assisti esse filme ontem, na volta da viagem (no iTouch da minha amiga), e o começo da música "Lose Yourself"do Eminem cairia muito bem. Mas quando sentei no ônibus para voltar para Washington, a primeira coisa que eu pensei foi o quanto se aprende em apenas um fim de semana em uma cidade desconhecida.

Em dois dias em Nova York, eu aprendi que se você ficar em um albergue provavelmente não vai ter uma noite completa de sono, mas terá a chance de conhecer gente do mundo inteiro. E se você estiver em boa companhia a viagem vai valer mais a pena. Eu aprendi que não importa o quão quente foi o último final de semana, o próximo pode estar muito, muito frio. Leve sempre uma blusa na sua mochila independente da previsão do tempo.

Aprendi que é muito difícil se perder em Manhattan porque as ruas e avenidas são muito bem numeradas. Você pode andar a cidade toda de metrô, mas levar dois dias para pegar o jeito em trocar as linhas, fazer as bardiações (exatamente quando estiver na hora de ir embora). E é possível passar por quase todos os pontos mais legais de Manhattan a pé, se você estiver disposto.

Aprendi que se uma de suas melhores amigas estiver de passagem pelo país em que você está morando, você precisa ir até ela, mesmo que seja para ve-la por menos de duas horas. Vocês irão sempre se lembrar que se encontraram em NY. E também lembre-se de ligar para amigas (au pairs, no meu caso) que moram próximo da Big Apple. Vocês vão passar horas incríveis, com a vantagem delas conhecerem melhor a cidade.

Aprendi que se você andar das 6h às 20h, não vai aguentar ir para a balada a noite. Que não importa se é a terceira vez que você visita a Times Square, o lugar vai sempre te deixar de boca aberta. E que a 5th Ave é maravilhosa para conhecer, mas deixe as compras nessa avenida só para quem tem muito dinheiro.

Com uma certa vergonha de admitir, eu aprendi que a Broadway não é um lugar só, como um grande teatro ou casa de show, e sim uma avenida com vários teatros espalhados. E, o mais importante, aprendi que se você estiver em NY e tiver um mínimo de amor pela arte, você tem que assistir algum espetáculo da Broadway. Não... esquece o "mínimo amor pela arte". Você TEM que ir de qualquer jeito!

E, é claro, o mais óbvio: eu aprendi que dois dias não são suficientes para conhecer toda a NY e você vai querer planejar mais um final de semana de viagem na "concrete jungle" do Jay-Z.

Brenda

PS: "Look, if you had one shot, one opportunity.
To seize everything that you ever wanted. One moment.
Would you capture it or just let it slip?"

2 comentários:

Yo disse...

Nossa!! Lendo todos os seus posts, sinto um deja vu master!! Há um ano, eu fiquei em DC, mas passei em NYC algumas vezes, obviamente. Tenho certeza que você vai amar (apesar de todos os defeitos) os EUA! hahaha

Não que eu seja a guia de viagens, mas, no meu blog, postei minhas experiências enquanto estava por aí. Se quiser dar uma lida, seja bem-vinda!! :)

Esse é o post da minha 1a vez em NYC, por exemplo: http://yoandrade.wordpress.com/2009/04/21/nyc-o-coracao-do-mundo/

Boa sorte por aí! ;)

Black Queen disse...

interessante seu blog,te desejo sorte e sucesso,bjs!